terça-feira, 25 de novembro de 2008

TEARES ARTESANAIS

Tear para fabrico de mantas de pura lã de ovelha
Tear para fabrico dos cobertores de papa



O mesmo tear, que é manobrado pelo artesão com os pés e os braços, e em posição estática, praticamenteAqui é passado para ser cortado e dobrado, pronto para ser vendido

E nestes teares aretesanais se fabricam os cobertores de papa, aqueles que mais parecem mil agulhas a picaram o nosso corpo, do tempo das nossas avós...
Completamente manuais, manobrado pelo artesão com os pés e mãos, coordenando os movimentos de vai-vém das laçadas da lã, mal se podendo mexer, e, portanto, a largura dos ditos cobertores depende da altura e agilidade do artesão.
Em Maçainhas, perto da Guarda, esta fábrica ainda opera e vai fazendo o seu negócio com os tradicionais cobertores de papa e também os mais fofinhos e quentes cobertores ou mantas em pura lã de ovelha.
E de lá trouxe uns cobertores de papa, e umas mantinhas para as minhas princesinhas melhor se protegerem do frio que existe por lá, naquele país onde vivem...
Vale a pena fazer assim um passeio, descobrir estas velhas tecnologias, e conviver um pouco com as gentes serranas, a sua simpatia e amabilidade, as provas dos enchidos, do pão de centeio, os queijos e requeijão, o presunto, a geropiga e as castanhas, os vinhos da beira...


34 comentários:

São disse...

Muito interessante, os últimos que vi a laborar foi em Monsaraz.
Neste Dia contra a Violência de G´rnero te deixo votos de paz interior e com o cosmos.
Bem hajas, xará!

Um Momento disse...

Belissimos !
Lembro-me de ver assim teares em Évora ...
Quanta saudade de ver as pessoas a trabalhar neles:)

Deixo um beijo imenso com o desejo de uma boa semana:)

(*)

Peter Pan disse...

Simpática Amiga:
Um post belo. Profundo e muito significativo. Raream os "valores" existentes assim, a que dá viva voz e encantam pela pecularidade e são preciosidades existentes e visíveis tão desconhecidas e ignoradas. Fez bem.
Parabéns sinceros e repletos de seriedade.
Fantástica atitude.
Beijinhos de respeito, estima e consideração.
Com admiração.

peter pan

poetaeusou . . . disse...

*
são
,
levei cinco cobertores
de papa no meu enxoval,
um vermelho
um azul
um verde
um castanho
e um amarelo,
óh lecas, menos que ninguem . . .
hehehe
,
pilipares friorentes, deixo-te
,

Lena disse...

Minha sogra me deu um cobertore desses quando me casei..

viajar da para ir ao encontro das pessoas, ver coisas assim
também gosto...


beijos

Fa menor disse...

Em tempos sonhei ter um tear... fascinava-me!... É um gosto por trabalhos manuais :)
Não se proporcionou, resta a pena.
Por isso, olha, deliciei-me com estas imagens.

Beijinhos

gaivota disse...

São
é muito giro rever este tipo de trabalhos artesanais...
paz, muita paz é o que é preciso!
beijinhos xará!

gaivota disse...

um momento
são muito belos sempre e de grande interesse observá-los a laborar
beijinhos

gaivota disse...

peter pan
obrigada pela visita e por teres gostado da descrição
beijinhos

gaivota disse...

poetaeusou
és um corriqueiro, tanta manta, só se tava mêmo muita friooooooo
e na és menos que ninguém, na senhor!
pilipares

gaivota disse...

lena
também tinha, a minha avó deu-me um e ficou pela ericeira...
picam que se farta...
vou experimentar estes de agora...
beijinhos

gaivota disse...

fa menor
olha que pena, mas assim sempre vês e sabes como funciona...
vai até lá...
beijinhos

GarçaReal disse...

Adoro as peças feitas em tear.
Pena que haja tradições a ficar arredadas em prol da civilização.

Bjgrande do lago

gaivota disse...

garça real
pois é,já só existe aquela fábrica...
é pena!
beijinhos

Viviana disse...

Olá Gaivota linda,

Fiquei encantada com este seu post, amiga!

Não faza a mínima ideia de como estes cobertores eram feitos...

Fez muito bem de nos mostrar e assi fazer aspessoas interessarem-se por estas artes manuais tão antigas e tão importantes!

Obrigada pela transmissão do conhecimento.
Tenha uma linda quarta-feira.

um abraço

Viviana

Chinha disse...

Isto é uma maravilha....

Nunca vi um tear a trabalhar ao vivo.
O que sei é da TV

bjinhos

gaivota disse...

viviana
ainda há muitas coisas feitas à moda antiga... felizmente!
beijinhos

gaivota disse...

chinhaé lindoooooo, mas ainda bem que a tv até vai mostrando coisas bonitas à moda antiga e artesanais...beijinhos

Vieira Calado disse...

Em tempos tive contacto com estas coisas.

Um amigo tinha um tear.

E fez coisas muito belas.


Bjs

gaivota disse...

vieira calado
são lindos trabalhos e é muito interessante
beijinhos

Jorge P.G disse...

Adoro esse tipo de viagens e de descobertas.
O artesanato sempre me encantou.
Quanto aos cobertores, não uso hoje em dia, mas que são fofos e quentes sei que são.

Um grande abraço.

OlharMeu disse...

É verdade, passeios assim valem a pena. Fiz bastantes, noutros tempos, e também comprava umas coisas bem bonitas e úteis. Outras, para alindar - lindas.

Um abraço.

Multiolhares disse...

Esses cobertores são muito pesados e picam sim, mas com a frioca que esta tudo serve, vai dai uma pinga para aquecer depois quem quer cobertor? eheheeh
beijokas

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Amiga Gaivota, belas fotos de teares artesanais, tal como a São vi á uns anos em Monsaraz... Linda postagem... Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, belo post...Uma maravilha...Espectacular...
Beijos

Sophiamar disse...

Havia na minha terra boas tecedeiras que faziam estes cobertores. Herdei da avó uns quantos que outros não quiseram por acharem pesados. No entanto, hoje, uso o edredon mais leve que o corpinho já não vai com esses pesos. Mas são lindos e decorativos.

Mil beijinhosssssssss

BC disse...

Fantástico mostrares estas coisas que fazem parte do nosso artesanato(como as rendas de bilros))e da nossa cultura tão rica,mas por vezes tão mal aproveitada.
Beijo
Isabel

gaivota disse...

jorge p.g
eu também gosto de ir por aí e descobrir cantinhos e modos de vida lindos e os artesanatos...
que bom teres passado por aqui............
beijinhos

gaivota disse...

olhar meu
compramos sempre qualquer coisinha,
não é...
que chatice! mais cacos em casa para pôr onde!!!
beijinhos

gaivota disse...

multiolhares
minha querida luna, com uma(s) pinga(s), não sei se é preciso o cobertor.... pica, pica!!! bem me lembro, nem tenho coragem de o pôr na cama...
beijokinhassssssss

gaivota disse...

fernanda &poemas
são teares, mas acabam por ser diferentes, fazem-se sempre trabalhos lindíssimos!
dorme bem, fernandinha
beijinhos

gaivota disse...

fernando santos (chana)
obrigada, meu amigo, pelas palavras
beijinhos

gaivota disse...

sophiamar
minha querida e linda amiga, é bem verdade, são pesados e picammmmmmmmm, bem me lembro!
os edredons primam por serem leves,
mas quem gosta de sentir o "quente"
quer mais que o edredon...
beijinhos

gaivota disse...

bc
isabel, as rendas de bilros... pois é!
tenho algumas, hei-de mostrar!!!
beijinhos