domingo, 31 de outubro de 2010

Este domingo...

video

O mar começou a ralhar... está zangado, faz muito vento, as ondas desordenaram-se, batem na pedra do guilhim com que exijindo passagem livre para se espraiarem na areia...
"Tá nortada fera!"
Não se pode andar na rua com à vontade, quase somos comandados pelo vento desordeiro e por esta areia fina que paira no ar e entra dentro de nós...
As minhas meninas/gaivotas estão aninhadas, nem se mexem, tentam voar para norte, mas nem conseguem, o vento reboca-as para sul...
A Nazaré é lindaaaaaa, sempre!

Peguei num livro de Eugénio de Andrade e deixo

"Canção para a minha Mãe"

Uma mulher a cantar
de cabelo despenteado.

(Era o tempo das gaivotas
mas o mar tinha secado.)

Pelos braços caíam
frutos maduros de outono,

pelas pernas escorriam
águas mortas de abandono.

(Uma criança juntava
o cabelo destrançado.)

Gaivotas não as havia
e o mar tinha secado.

Um bom domingo para todos!

domingo, 24 de outubro de 2010

Será?


SAUDADE: é o amor que fica !

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Declarações de um Eleitor!

Declaração de um Eleitor:


As pesquisas de mercado são manipuladas e não refletem a tendência do eleitorado.
Realizei um levantamento por conta própria e concluí que a próxima Presidente da República vai ser a minha mãe.
Telefonei para 1.253 pessoas entre duas e quatro da madrugada e perguntei: EM QUEM VAI VOCÊ VOTAR PARA PRESIDENTE?

Todos os entrevistados responderam:

NA PUTA QUE TE PARIU.

Acabadinha de receber... sem ofensa para ninguém!

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Bebé NUK



É mesmo lindo como o sol!

http://facenuk.nuk.pt/contest/detail/2434

Meus queridos amigos, vamos dar uma mãozinha e votar no meu bebé, para que possa ser eleito o bebé Nuk da próxima estação!
Não é por nada... é que ele merece mesmo, porque é tão linnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnndddddddddddddddddddddddoooooooooooooooooooooooooooooo!
Confirmem e votem!
Beijinhos do Vicente, dos papás e daqui da avó tonta e melada...
Obrigada e boa semana a todos

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Óbidos





Em memória do nosso Fred, um ilustre advogado de Caldas da Raínha, um amigo fantástico, que deixa uma história e um lugar no coração de quem o conheceu e foi amigo até ao fim... foi, não! É!!! porque AMIGOS assim nunca partem apenas vão um pouco mais à frente na tal viagem misteriosa...
O Fred costumava dizer-nos que no dia que partisse, iria num cavalo branco com uma namorada linda, maravilhosa, a galopar pelo ar... era casado, com filhotas lindas e a uma mulher muito querida! Um excelente profissional, amigo do seu amigo, sempre pronto a dar a mão, a ajudar, um homem justo e cheio de coragem.
Também dizia que nesse "tal dia" gostava que os seus amigos fossem beber um copo de vinho e partissem o dito copo no chão! Era raro beber, apenas ao fim de semana nas patuscadas com os amigos, mas tinha uma boa adega!
De um momento para o outro deixou de saber quem era e não se lembrava de nada nem do nome das filhas e mulher... foi operado em Santa Maria, recuperou, nunca mais foi o mesmo, mas "a coisa" estava lá... e pouco tempo depois deu novamente entrada no Santa Maria donde saiu diretamente para uma igreja em Óbidos.
Após o funeral, fui com o meu irmão e dois amigos beber o tal copo... entrámos num dos muitos cafés de Óbidos e disse: "Amigo, nós queremos um copo de vinho, e no fim mandamos o copo para o chão..." o homem olhou para mim, a mulher resmungou, e eu repeti... ela vira-se para a gente e diz "Só pode ser dos Apanhados..."
Não, não, é mesmo a sério e contei a história...
Não deixaram, ficaria tudo cheio de vidros, etc, etc...
Fomos a outro bar e disse o mesmo... o dono olhou-nos, sorriu e disse "Também era amigo do Fred!" Vamos beber um copo... e bebemos os cinco, ele ofereceu a garrafa e nós... mandámos os copos para o chão!
Orgulhosos do nosso amigo, acabado de partir!
Ontem fui a Óbidos, é uma vila linda, de vez em quando temos que lá ir e é sempre bom! Por vezes vou visitar o Fred, mas ontem não. Passeei pela vila por entre imensos turistas de todo o lado e fui beber uma ginjinha!

sábado, 9 de outubro de 2010

Domingo: Jantar romântico!







Aos domingos o Slavo faz "jantares românticos", à luz das velas, domingo passado tivemos só entradas, uns camarões num molho especial e um queijo com bacon e nozes, gratinado! Uma delícia..., porque tínhamos almoçado! e comemos sobremesa, afrodisíaca, como diz o Slavo... neste dia foi uma fatia de cheese cake (quem o terá feito???), com a uma bola de gelado e fruta fresca... hummmmmmmmm, tudo muito bem decorado, porque o Alan tem jeitinho e faz destes enfeites nos pratos, com chocolate derretido, sementinhas, coisas que ele lá sabe... e acompanhado de Opéra, um champagne francês que fica muito nesta nossa casa!
Venham até à Nazaré e fiquem para jantar! Ninguém se arrependerá, prometo!

A esta hora já o restaurante era só "nosso", depois de um jantar delicioso, como é costume, 2 dedos de conversa e um copo "para o caminho"...
Um ambiente de festa, todos bem dispostos, muito trabalho e os clientes gostam sempre e ... quem é de cá é de cá! (à moda da praia...)

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Chegada vs partida...


O meu mar a adivinhar o outono, a ficar "à pedra"... 5.Out.2010

Aqui vai este "Johnnatan seagull" fora do bando, à procura de mais um naco de pão!

24.Set.2010

O sol das férias desfaz sem remédio
Os ramos da estreia deixados na gaveta
No labirinto das hipóteses vãs
Insistem dolentes melodias roucas
Presentes por abrir abandonados nus

Já tardia a sombra desce sobre a nuca
Repete para dentro o que estava longe

Vislumbrada e fugitiva ausência
-Sede de mel a mel semelhante
Prisão de asas em desalinho-
Vai descontar à perfeição o inconsútil
Tolerar gladíolos e o primeiro frio

-José Álvaro Afonso, Furtiva a Luz

Num regresso a outras terras, mais frias, onde o sol não quer entrar e nem o amor chegar! Porque não o quiseste levar, também porque não o trouxeste nem deste nada, apenas exigiste!
Errar é humano, como também é bem verdade que em vez de oferecer um prato com o peixe, deve-se sim dar a cana e ensinar a pescar!
Aprendeste a pescar e bem... mas outros peixes graúdos levaram-te o isco e continuam à pesca, por portas e travessas, como o mar revoltado entrando nas casa das nossas gentes, escancaradamente e sem respeito!
Que Deus te abençoe e te ilumine pela mão dos anjinhos!

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

A um ti que eu inventei


Pensar em ti é coisa delicada.
É um diluir de tinta espessa e farta
e o passá-la em finíssima aguada
com um pincel de marta.

Um pesar grãos de nada em mínima balança,
um armar de arames cauteloso e atento,
um proteger a chama contra o vento,
pentear cabelinhos de criança.

Um desembaraçar de linhas de costura.
um correr sobre lã que ninguém saiba e oiça,
um planar de gaivota como um lábio a sorrir.

Penso em ti com tamanha ternura
como se fosses vidro ou película de loiça
que apenas com o pensar te pudesses partir.
- António Gedeão (Poemas escolhidos)

Não te reconheço mais, não entendo o que te possa ter acontecido, apenas sei que te amo imensamente e não tenho mais espaço para tanta dor e sofrimento
deixaste de ser tu, semplesmente, a menina que não soube crescer nem sentir a responsabilidade que implica o tal "crescer" ...
Tanta independência que se exije e se declara... quando no fundo todos precisamos uns dos outros, para dar miminhos, beijinhos e/ou para mandar a um certo sítio que não deixo aqui...
Vives no mundo da lua e na irresponsabilidade do pensamento, palavras e ocas e vãs que ninguém entende!
Tu não existes... no entanto provocas imensa dor a quem te ama na realidade e assim deixas a sangrar os nossos corações, apenas porque levas dois anjinhos pela mão, sem rumo certo, à deriva...

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Na despedida


Esta hortência é para todos os amigos que quiserem fazer o favor de levar para vossa casa, com toda a minha amizade e carinho



a casa do meu filhote, quaaaaaaaaaaase acabada!
com vista para o pico e um "maroiço" de frente
uma paisagem fantástica!
depois será a tal piscina, Mauro, com calma, tal como dizes!
e um ring de patinagem... e o ginásio... e o cavalo...
gosto tanto de ti, filhote, e da Caty, igualmente...
parabéns e todo o sucesso na vossa vida!

Açores, um destino de magia, qualquer das ilhas com particularidades tão próprias e diferentes, é uma paixão que partilho com tantos amigos que também têm o grande prazer de fazer férias cá dentro, neste nosso Portugal à beira d'água, mesmo quase a afundar-se... por isso, enquanto por cá andarmos, e podendo programar uma semana de férias, aconselho vivamente um passeio pelas nossas pérolas do atlântico!
Deixo sempre qualquer coisinha para ver ou rever... assim tenho a "desculpa" de voltar para visitar o tal sítio que ficou de fora...