quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Um pouco mais dos ditos nazarenos...

O bando reunido, em paz!
Ensinamentos de vida, para gente de bem, à espera de amor
Um dos muitos extraordinários pôr do sol, sobre o mar da Nazaré, frente ao Pé Leve

E outra visão do pôr do sol, no mar da Nazaré, ao norte, a pedra do Guilhim na sua pose altaneira, abençoada pelo sol
Já forem e já encalharem
as lanchinhas do anzol,
trazerem o que levarem
na ganharem pó pitrol
Cáia o tetle na te rales
bota na cal clarete,
forra a cabana a resnales
pa na pingás o cemente
Ir depressa é ir dum instante
frente ao mar é lá adiante
inchentes é confusão
gente de fora é paleca
gente baixa é patareca
caréde é admiração!
És torte cu'mó um arroche
fotes-te abaixar na foz
há-des ta sentar no mocho
da estiça de porte de moz



48 comentários:

multiolhares disse...

É uma maravilha ver em cada canto do país a sua
Forma peculiar de falar

Beijinhos
luna

Maria Luar disse...

A gíria dos pescadores nazarenos é uma pequena maravilha dos "falajares" das gentes do mar.
Um contributo etnográfico.

Abracinho

*
xi

*

FM disse...

Tu realmente sabes dar "Luz" aos lugares... mesmo quando lhes adicionas palavras.
Beijos com Essências.

Gerlane disse...

Deu-me vontade de ir pra lá!
Lindas imagens! Poética natureza!

Beijos pra ti, amiga!

Sophiamar disse...

Por onde andas, gaivota, princesa desse mar que nos traz cativas?
Sinto a tua ausência por aqui embora me tenham chegado as tuas palavras,envolvidas no carinho com que nos presenteias sempre e com o belo cheiro da maresia que a Senhora da Nazaré abençoou.

Beijinhosssssss

gaivota disse...

luna
pois é, e na Nazaré, só mesmo quem lida com este povo entende bem este sotaque, estes ditos, esta linguagem própria!
e tu também sabes como é,
à moda da praia...
beijos grandes

gaivota disse...

maria luar
são os pxins e as peixeiras da praia, os ditos e os maus modos, a guerra acamada, inxentes e enliadêros, burros da escola...
é fantástico este dicionário!
este palavriado e jeitos de gentes de ralhos e muito amor!
beijo

gaivota disse...

fm
quando se gosta e se vive integrada nos ambientes, sejam os mais diversos e em locais diferentes, a gente adquire o jeito
e o resto vem por acréscimo...
beijinhos

gaivota disse...

gerlane,
então anda!, dá corda aos pés!, pôe-te a mexer!,
aparece e logo vês...
tens uma casa ao dispôr
beijinhos

gaivota disse...

isabel, minha querida
por onde andooooooooooooooooooo
olha, querida, quem dera nem andar!
este fevereiro nunca mais acaba...
de há 4 anos para cá, tou cansada, e farta de "fevereiros" e de anos bissextos, só acontecem de 4 em 4 anos, mas são muitos!
beijinhossssssssssssssssssss
com a mareisa que vou agarrar...

O Profeta disse...

Uma tela de fascinantes impressões etnógraficas...


A chama que explode na noite
Consumiu a palavra dispersa
As virtudes do som das águas
Ouvem-se na manhã que começa


As palavras também se sentem no silêncio
Convido-te a ouvir as minhas


Doce beijo

gaivota disse...

o profeta
acredita, é mesmo assim
a Nazaré é uma tela pintada a rigor e pelo amor pincelada,
etnografia pura estampada nos rostos destas gentes de mar
beijinhos mágicos

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
quim inchentes sãoeces,
agora é tude dôtoure na praia
inté a neta do "esperáí"
é dôtoura da sossolojia,
tanhe aki um cale nus pézes
amaña vom lá tirare,
,
e as chambristas tirarem
todas curses de ingleses,
,
as chambristas da nazaré,
que coisa linda de vêre,
tirarem cursos de ingles da CÉÉ
sem saberem lere nem escrevere
,
xáús,
vom beber 3 meias de lete,
e uma duza de pastéis de nata,
,
*

Divinius disse...

GOSTEI DE LER...FOI ALGO DIFERENTE
Sorriso e voa muito Gaivota*

gaivota disse...

só tu...
já seie, vais buer a tua mêa de lête à batele
ah saltaréu, já me l'aquere...
as chambristas nim sabem falar estrangêr, forem à frança inté falarem por gestes...
são os curses da CEE..., companhêro...
toma lá, dá cá, dá cá, toma lá
o meu coração arreca-o lá
é pá ilha do semisse...
gent'important'...
jinhos

gaivota disse...

divinius
alog diferente pode acontecer mais vezes por aqui
porque a Nazaré é terra de gente de alma grande cheia de estórias para contar e ditos muito próprios...
beijinhos

Sophiamar disse...

Amiga,Gaivota!

Conheço a Nazaré há muitos, muitos anos. Já deambulei por essas ruelas todas, as perpendiculares à marginal e as outras, já subi no elevador até ao sítio e orei na capela da Senhora da Nazaré. Do hotel da Pederneira fotografei o mar e de perto da Amadeu Gaudêncio fiz belas fotos. Nunca me trataram por paleca e apesar do meu metro e sessenta também não me chamaram patareca.Li muitas vezes o rosnal emprestado por essa boa gente que também me ofereceu alguns cafés. No Largo do Parlapiéz, num dos restaurantes, em frente, comi bom peixe fresco e, à noite, tomei um gin orange com amigos. E amigas. Gaivotas lindas desse mar!
Beijinhossssss

gaivota disse...

sophiamar
mas tu não és paleca...
só alguma gente de fora...
estes versos foram extraídos do livro Gente e Mar, da Maria da Otília, vulgo Maria da Nazaré, que também diz:
"Não estudei, tenho pena,
Afinal quem sou eu?
Apenas uma Nazarena
Que ama a terra onde nasceu."
o restaurante mesmo em frente ao Parlapiéz, penso que te referes à Lota, antiga Casa da Praça
ainda vou pôr aqui mais algumas graças deste amado povo que nos diz que somos menos palecas que muitos nazarenos...
eu também sou de fora, sou de Caldas!
beijinhos, minha querida

Tiago Enes disse...

Oi

O Blog tá muito legal!
Bons posts!

Parabéns!

Abraço!


Se puder visite!!!

http://tiagoenes.blogspot.com/

Colibri disse...

Gaivota, princesa que voa
De asas que abraçam o mar
Sentindo o vento que ressoa
Rasando as águas sem tocar

Subindo em curva ascendente
Eleva-se para lá da minha visão
Impulsionada pelo ar quente
Que acaricia a sua alma e o coração

Parabéns pelo teu lindo blog,

Beijinhos, com carinho

Maria Luar disse...

Parabéns! Este post é digno de ser divulgado assim como outros que divulguem o falar, os usos e costumes da gente mais genuína deste nosso Portugal.

abracinho

*
xi
*

aryanalee disse...

Através do blog da sophiamar, que visito com regularidade, cheguei aqui....serei considerada uma paleca?
Conheço Nazaré desde há muito,e redescubro-a sempre que posso, pois em cada esquina há sempre algo que nunca se olhou com olhos de ver.
Por sugestão médica e como medida terapêutica,estou a escrever a história da minha vida,uma infeliz vida.
Perdoe-me a ousadia,mas se conhecer alguém com um percurso de vida semelhante ao meu,e estivesse disposta a trocar experiências, muito grata lhe ficaria.
Bjos

gaivota disse...

tiago enes,
obrigada,
irei visitar-te, sim
beijinho

gaivota disse...

colibri
obrigada e também gostei muito do teu,
já te visitei...
beijinho

gaivota disse...

maria luar
pois é, vou pôr mais uns quantos trechos desta poetisa nazarena, gente de mar...
beijinhos

gaivota disse...

aryanalee
obrigada pela visita
isto de ser "paleca" é um termo que não é desrespeito, é mais uma graça que se usa em relação à gente fora, que não é da Nazaré,
eu também não nasci lá,
por vezes chamamos palecos com alguma indiferença, mas nem é por mal...
sobre o outro assunto, comento no teu blog
beijinhos

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá minha querida Gaivota, muitos beijinhos de boa noite.
Fernandinha

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá minha querida Gaivota, tens diante dos teus olhos, uma força enorme... O MAR + MAR... Verás a ajuda que te dá quando necessitas.
Beijinhos de carinho e amizade.
Fernandinha

gaivota disse...

fernandinha
se sei! o M A R
sempre o M A R, e o meu mar, minha querida!, é aquele, o tal...
beijinhos

Suave Toque disse...

"Ao longo da formação da personalidade nos tornamos seres que pensam e que podem mudar a nosso história,privilégio indizível da espécie humana. Somos uma espécie inteligente num universo desconhecido. Só nao se encanta com a vida quem está sufocado por preocupações, atolado com suas atividades e não consegue ver além da cortina das suas dificuldades."
Augusto Cury.

Desejo a ti um feliz final de semana.
Beijo de carinho.
Elcia Belluci.

Morena disse...

Lindas imagens!

Beijos

Sophiamar disse...

Venho deixar-te o meu carinho, venho saciar a minha vontade de me encontrar no teu canto, venho sentir o calor deste mar.Sabes, miga, tu falas sem pretender dar lições a quem quer que seja, com a humildade que te é peculiar, com a naturalidade que contigo nasceu.

Bem Hajas!

Beijinhosssss, gaivota linda!

gaivota disse...

"só não se encanta com a vida quem está sufocado com preocupações"
muito bem, querida elcia,
e a vida é para ser encantada
...e de resto, aparece!
beijinhos

gaivota disse...

morena
obrigada pela visita, vai aparecendo...
beijinhos

gaivota disse...

morena
obrigada pela tua visita, já te vou retribuir
beijinho

gaivota disse...

querida isabel
sou asim, nasci assim...
costumo dizer, não tenho a culpa...
a minha mãe é que tem mais que culpa e o meu pai!
mas o meu pai já partiu há 19 anos... e, agora, há 4, partiu a minha mãe
mas já não tinham nada a ver um com o outro
este mar, o meu, o nosso, porque este mar é só de quem o ama e ele conhece muito bem quem o estima, ama e admira
beijinhos grandes
e anda, chega-te a nósssssssssss

Rosa Maria disse...

Na Nazaré tudo é lindo até estes "ditos".

Beijinhos

Luis Eustáquio Soares disse...

paisagens de devir gaivota, votada e voltada e recortada por um poema de dicção de asas...
muito bom
e obrigado pela visita
b
luis de la mancha

gaivota disse...

rosa maria
na nazaré é tudo lindo
ditos e modos
à moda da praia...
beijinhos

gaivota disse...

luis de la mancha
na nazaré é assim
falas e ditos
à moda praia
beijinhos

GarçaReal disse...

As fotos são francamente belas.

Gostei de ler estas formas de falares.

Bom Fim de Semana

bjgrande do Lago

Cadinho RoCo disse...

A Gaivota a mim sugere poetar esvoaçante.
Cadinho RoCo

gaivota disse...

garçareal
formas de gente de mar...
daquele mar
beijinho e bom fim de semana também

gaivota disse...

cadinho roco
obrigada pela visita
beijo

O das Caldas disse...

Isto é tb um pedaço de história.
Fico mt grato à autora.
Beijinhos das Caldas

gaivota disse...

o das caldas
é mesmo um pedaço de história, esta e tantas outras que ainda vou cá pôr
obrigada pela visita
e cavacas + beijinhos (de caldas, também...)

Teresa Calcao disse...

Gaivotas e pores do sol.....dois grandes amores meus.....mas parece que nao sou unica!!!!!!!
Adorei as fotos!
Beijinho

gaivota disse...

teresa
é isso mesmo amiga, muitas gaivotas e muitos pôr de sol...
beijinhos