terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

DESAFIO


Recebi um desafio terrível da minha querida amiga Sophiadomar, em que me pede para nomear sete temas musicais de "marca", do meu tempo, da idade da inocência, da ingenuidade, do tempo em que havia as matinées dançantes numa garagem ou qualquer espaço que para tal se ajeitasse.
Entre tantos e muitos, de todos os continentes, músicas para ouvir simplesmente, para viver e conviver, para acompanhar um copo, para abanar o capacete, e, como se chamava na altura, as músicas para constituir família...
(éramos tão inocentes, tão ingénuos... falo por mim, obviamente, a idade já não perdoa nada, anda a passo largo...)
Entre tantos e tantos, o nosso fado imortal e a melodia mágica dos dedos de Carlos Paredes, passo a indicar
. Zeca (Canção de embalar), mas todas, sempre e muito
. Adamo (J'aime), e tantas outras
. Joe dassin (si tu n'existes pas) e outras
. Tom jones (Dellilah), a voz deste sex symbol
. Beatles (Michelle)
. Simon & Garfunkel (Parsley, sage, rosemary and thyme) lindos...
. Xutos (Com mãos de veludo)
cada um com o seu predicado, o seu porquê, a sua ocasião
O meu querido Milo, do Duo Ouro Negro, "vou levar-te comigo", ou "a camisa de amigo", que não poderia deixar de prestar aqui a mais sentida homenagem, um beijo para ti, Milo!
Como já disse, isto de blog é, para mim, uma maneira de conviver, de apreciar fotos lindas que tenho percorrido e textos encantadores, alguns de lágrima pendurada...
de reviver até locais e situações que já por mim também passaram e por onde já andei.
Não sei ainda transportar os prémios que já me ofereceram, pelo que me limitei a ir agradecer a quem tão gentilmente mos concedeu.
Um dia, talvez, complete melhor os conhecimentos deste mundo de "blog", para que não sejam tão terríveis estes desafios que me propõem e, até, quem sabe, possa eu iniciar um desafio...
E porque a música faz parte da nossa existência, já me encanta, hoje, assistir aos concertos caseiros (e não só) deste menino, agora com 5 anos, que faz da bateria a sua play station...
Não seja ele quem é...
Permito-me a contar que, há cerca de um mês, houve um concurso de bateristas de todo o país, promovido por uma grande marca de instrumentos musicais, e que este menino foi a vedeta, o artista convidado para actuar na abertura do mesmo, na 1ª fase, e no intervalo da fase final...
Ainda não tinha idade para concorrer...

24 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
parece uma escolha
feita por mim,
parabens,
do milo, tudo,
sabias que a estreia do trio,
no inicio era um trio,
foi na Nazaré, num restaurante,
onde é agora o porto de abrigo,
os Lobos do Mar de seu nome,
,
conchinhas
,
*

gaivota disse...

olha, zé, até fiquei arrepiada...
sim, claro que sabia,
agora, conto-te eu:
o Milo fez o grande favor de ser meu Amigo, do coração, da minha casa, foi padrinho da minha filha mais nova, foi ele quem escolheu o seu segundo nome,
por "graça" até nasceu no dia dos anos dele, dia 3 de maio...
coisas da vida!
os lobos do mar, se me lembro...
de certo que já trilhámos o paredão lado a lado...
obrigada pela partilha da recordação que tens dele (s)
muitas algas...

São disse...

Devemos estar na mesma geração pois revi-me de todo nos interessante post( menos os Xutos).
Tudo de bom.

gaivota disse...

são
é possível,amiga,
Xutos é a melhor banda de sempre, portuguesa, em rock, em português e viva!
jinho

ondina disse...

o que mais gostei foi da foto e do amor de mãos que desse principesinho se faz nascer em música de percursão.
tb gostei de conhecer o milo, vou levar-te comigo, meu irmão.
bjs

gaivota disse...

ondina, minha paixão
vou levar-te comigo, meu irmão
(para rimar...)
e a ti minha linda!
"irmã"... recuso-me a dizer...
então fica assim!
estas mãos são deliciosas,sempre
mas tenho mais! um dia mostro-as a toda a gente!
o Milo está feliz! isso é importante que a gente saiba...
um beijo para ti

Sophiamar disse...

Fiquei sem net enquanto te escrevia um comentário. Agora deixo-te um abraço apertado, o mesmo que queria dar-te aí e agora. A tua escrita vem impregnada de afectos, de transparência, de amizade, de verdade. Amiga, fiquei sensibilizada com a forma como aderiste ao meu desafio.E todos quantos nomeias estão ligados de forma indelével à minha vida.
Hoje é um dia muito triste, mas tenho-vos a vós, amigos , que me acompanhais com amizade e ternura, muito mais do que mereço.
Bem hajas!
Quanto ao menino, já um artista, dá-lhe mil beijinhos por mim.

Beijinhosssssssssssssssssssss

LuzdeLua disse...

Passando para agradecer a visita e desejar uma boa semana.
LuzdeLua/NaveganteDoAmor
Bjs

Fa menor disse...

Linda, a tua selecção de temas!
Não há como as músicas daquele tempo! O tempo da inocência!

Bjinhos

multiolhares disse...

A musica faz parte das nossas vidas
Tanto em momentos alegres como tristes
Gostei da tua escolha
Beijinhos
luna

Luis Eustáquio Soares disse...

ver com os olhos da perplexidade, da primeira vez, adamismos de linguagem, e a música entona outros tons... seremos os mesmos?
te convido a uma outra leitura..
b
luis de la mancha.

FERNANDA & POEMAS disse...

Minha querida Gaivota, adorei a tua escolha... Beijinhos do coração!
Fernandinha

gaivota disse...

sophiamar
obrigada pelas tuas palavras,
já sei da tua tristeza, não digo mais nada...
o menino já é um artista, é claro, é meu neto...
nem precisava de ter jeito para a música, nem ouvido,
é um menino, apenas, e é meu neto...
(modestamente posso dizer que concilio este amor do coração com as habilidades e/ou vocações que se vão descobrindo...)
para ti, muuitos beijinhos

gaivota disse...

fa menor
e não há mesmo!
há muitos jovens que se habituaram a ouvir e gostam dessas nossas músicas do nosso tempo...fico contente!
beijinhos

gaivota disse...

luna
minha querida, a música tem esse condão, de acompanhar a tristeza e a alegria...
beijinhos grandes

gaivota disse...

luis eustáquio soares
a música anda no ar e acompanha as nossas vidas, escolhemos o que nos apraz ou rendemo-nos às que nos oferecem...
daí podermos ser quem somos e temos a liberdade de escolher
e seremos o que somos...
beijinho

gaivota disse...

fernandinha
acabei de estar com gente das ilhas... do pico...
ai ai ai
as escolhas musicais eram e serão sempre de acordo com a cor da nossa alma, né???
beijinhos

lua prateada disse...

Aquelas músicas!...axo que não mais voltarão a haver...
Beijinho prateado com muito carinho
SOL

Sophiamar disse...

Passei ao amanhecer. Já oiço alguns passarinhos. É a Primavera chegando. Beijinhos para ti e para os teus lindos meninos.

Tem um bom dia!

Fedred Blackworker disse...

This comment has been removed because it linked to malicious content. Learn more.

gaivota disse...

sol
aquelas músicas não voltarão é certo, mas muitas delas são mesmo eternas!e ainda bem!
beijinhos

gaivota disse...

isabel
está um rico dia, sim senhora!
às 8h da manhã não se via nada, aqui na Parede,já está muito solinho e cheira a primavera...
que bom!
um ótimo dia para ti também
beijinhosssssssssss

Arco-íris disse...

Certamente poderia eu dizer que não são "musicas do meu tempo"...mas não existe tempo quando uma música toca e nos aquece a alma...gostei da tua escolha...são músicas que gosto de ouvir...
beijinhos...muitos...

gaivota disse...

arco-íris
são musicas intemporâneas, de todos os tempos, que ainda hoje se ouvem, muitas, cada vez mais...
beijinhos a ti