sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

Um espaço recordado

Ei-las que se vão juntando, em conferência, pensando no almoço...

As minhas gaivotas, não vieram antes nem depois, apenas vieram quando puderam...


A entrada do Porto de Abrigo, ou o abrigo num porto...

Quase todos os dias, chefes de família miseráveis apresentavam-se no monte para mendigar trabalho, a troco de nada: abrigo, lenha e comida para os seus e um salário simbólico. Ela odiava a visão deles: odiava a vista da miséria, das crianças sujas e descalças, as mulheres de olhar turvo, os homens de ombros caídos, vencidos e vazados de esperança. Do fundo da sua memória, vinham-lhe recordações de infância semelhantes, vinha-lhe a reminiscência das tardes em que nem ousava perguntar à mãe o que era o jantar, porque tinha medo de a fazer sofrer. Vinha-lhe a imagem do pai, sentado à lareira, de ombros também caídos de cansaço, os olhos despejados de alegria.


Miguel Sousa Tavares in "Rio das Flores"

35 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá Minha Querida Gaivota, lindas as fotos, nunca fui até ao porto de abrigo, mas tenho fotos tiradas dele do Sítio...Lindo!!!
O texto do Miguel é veio mesmo a matar... Beijinhos de carinho.
Fernandinha

P.S.- Fiquei contente, com a tua alegria.

LuzdeLua disse...

Passando para agradecer a visita e desejar um bom findi semana.
LuzdaLua/NaveganteDoAmor

poetaeusou . . . disse...

*
não me digas
que não me compreendes,
e que não sentes
aquela raiva nos dentes,
não me digas que não me compreendes,
que força é essa amigo,
que força é essa,
que só te faz obedecer . . .
,
in-sergio godinho
,
conchinhas
*

ondina disse...

nota-se mesmo que o escritor é jornalista, e que se embriaga com os sentimentos do estória que faz.
bom fim de semana e bjs aos teus/tuas

pin gente disse...

porque me recordas o passado que a custo tento esquecer
porque me devolves as imagens que me turvam o olhar
o futuro cresce-me para a frente e não o quero perder
viro a cara ao que passei para partir e conseguir voar


abraço
luísa


ps - gostei vou voltar... posso?

Sol da meia noite disse...

Realidades sofridas... dor... desalento... Destino?...

Beijinhos

gaivota disse...

fernandinha
tens mesmo é que vir até aqui, só por fotos não dá...
do texto do Miguel, pois, achei-o bem profundo, o romance está muito bom, para "variar", gostei muitoooo
beijinhos grandes

gaivota disse...

luzdelua
bom fim de semana também para ti
beijinhos

gaivota disse...

poetaeusou
que força é essa amigo,
que te pÕe de bem com os outros
e de mal contigo...
nada mais a propósito,
meu amigo!
beijos daqui mesmo...

gaivota disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
gaivota disse...

pin gente
obrigada pela visita e volta sempre que quiseres
as imagens são sempre recordações...
beijinhos

gaivota disse...

sol da meia noite
realidades, desalento...
é isso, amiga
beijinhos

gaivota disse...

ondina
é isso tudo, gostei muito de o ler,
li o Equador e S. Tomé ficou-me na memória, com o Sul, recordei alguns sítios por onde também já andei e com este Rio ads Flores, gostei mesmo, muito mesmo,
romances onde ele deposita os sentimentos...
advogado/jornalista/escritor, gosto, gosto mesmo
beijinhos e bom fim de semana para ti também

Rosa Maria disse...

As fotos são sempre lindas!
O livro do Miguel já o comprei mas a cabeça não anda muito bem para ler. Vou esperar que isto se recomponha.

Bom fim de semana
Beijinhos

gaivota disse...

rosinha
é assim, espero que te recomponhas rapidamente e lerás o romance quando puderes, é que a cabeça tem que estar "no sítio e segura"...
fica bem!
beijinhos e bom fim de semana também para ti

Dauri Batisti disse...

As palavras e as fotos destilam uma saudade ou uma vontade presa na garganta. Lindo.


Abraço.

Amor disse...

lo bueno de ser gaviota es que así uno está más cerca de ti

:)

amor

São disse...

Viva!
A foto é bonita e o texto fez-me recuar à minha infância e à dor que vivia quando ia ao Alentejo e via os homens serem escolhidos a dedo no largo da aldeia.
E vou já...
Bom fim de semana.

Entre linhas... disse...

Minha amiga vnho t pedir desculpa da minha ausência,pois estou a passar por uma fase muito má.
Bom fim de semana ,cheio de paz,amor e muita harmonia.
Bjs Zita

multiolhares disse...

vidas dificeis,hoje também as há meias escondidas, meio incobertas

beijinhos
luna

gaivota disse...

dauri batista
obrigada pela visita
e o que se prende na garganta, de saudades...
outro abraço para ti

gaivota disse...

amor
que sí, que sí
gracias por haberes venido a visitarme!
un beso alado,de gaviota

gaivota disse...

são
tudo isso acontecia no alentejo
e é mesmo retratado neste romance,
tal como acontecia
beijinho

gaivota disse...

zita
espero que tudo passe o mais rápido possível e que regresses animada!
beijos

gaivota disse...

luna
é verdade que ainda existem as dificuldades de vida e o desespero do trabalho e/ou algum salário para colmatar as necessidades do dia a dia
aqui, é o alentejo, mas existem outros cantos com iguais personagens
beijinhos,luna

Divinius disse...

Gostas de gaivotas como eu*
Beijinhos e bom fim de semana:)

gaivota disse...

divinius
sim, gosto muito de gaivotas
são as minhas meninas aqui na praia...
rfeunem-se perto da minha casa...
bom fim de semana também para ti

Flor disse...

Venho aqui olhar o mar e apreciar as tuas gaivotas....

Bom resto de fi-de-semana para Ti doce Gaivota.... :)

Flor com carinho

Um Momento disse...

~Já li o livro...
Belas fotos...
Bela partilha...
Beijo... no teu coração

(*)

gaivota disse...

flor
admira o mar sim, e as meninas dele, as gaivotas...
sempre que quiseres
mar é de quem o ama...
beijos

gaivota disse...

um momento
e outro beijo também para ti

Sophiamar disse...

Que vida é esta , amiga, que permite uma distribuição tão desigual da riqueza. Como é possível haver pão em abundância num lar e faltar no outro?
Há fome, há miséria, há doença, há guerra...até quando?

Beijinhosssssss

Oxyder disse...

lindas fotos ;)

gaivota disse...

sophiamar
o livro está fantástico, como também são os anteriores, ou sejam o Equador e o Sul
este episódio refere ao alentejo, estremoz, tempos de salazar
beijinhos grandes

gaivota disse...

oxyder
obrigada pelo comentário e pela visita
beijinhos