quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Não vás ao mar, Tónho

Não vás ao mar, Tónho Não vás ao mar Está o mar ruim, Tónho Está o mar ruim Se vás ao mar, Tónho Se vás ao mar Fico sem ti, Tónho

Ai Tónho, Tónho Tão mal estimado és Ai Tónho, Tónho Nem umas meias tens p'rós pés

Adeus Maria Que eu vou p'ró mar Buscar sardinha P'ra seres raínha Ela é fresquinha É como a prata Não tenhas medo Que o mar não mata

Tem dó de mim, Tónho Tem dó de mim Não sejas mau, Tónho Não sejas mau Não irás mais, Tónho Não irás mais P'ró catatau, Tónho

Olha p'ró mar, Tónho Olha p'ró mar P'ronde é que vais, Tónho P'ronde é que vais Tás'ma matar, Tónho Tás'ma matar Não posso mais, Tónho

Ai Tónho, Tónho Tão mal estimado és Ai Tónho, Tónho Nem umas meias tens p'rós pés

Início da actuação do Rancho Folclórico Tá-Mar , da Nazaré, na noite de hoje, mais um espectáculo para alegrar as noites de verão da Nazaré

19 comentários:

Anita disse...

Amiga que seu dia seja realmente um óptimo dia...
Que suas horas sejam cheias de felicidade...
Que o seu entardecer seja o mais maravilhoso...
Que o seu anoitecer seja carinhosamente depositado por Deus...
Que seu dia, tarde e noite sejam mágicos e que muitas flores enfeitem o seu caminho...

Beijos.
Um óptimo fim de semana.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

Carla disse...

porque a tradição deste música se adqua à dura realidade dos pescadores
beijos

elvira carvalho disse...

Tantas vezes cantámos esta canção, debruçadas sobre uma tina, enquanto lavávamos o bacalhau.
Um abraço e bom fim de semana

rendadebilros disse...

Ai as saudades...

Eu voltei e já vou dar mais uma volta.

beijos.

gaivota disse...

anita
as tuas palavras são sempre um conforto, uma esperança
bom fim de semana
beijinhos

gaivota disse...

carla
é o espelho das vidas pescatórias
ainda hoje realidade
beijinhos

gaivota disse...

elvira carvalho
e há uns tempos adoptei-a para embalar os meus bebés (netos)...
beijinhos

gaivota disse...

rendadebilros
as saudades ainda presentes que mexem com as vidas do mar
beijinhos

ondina disse...

ai que aperto no coração... também quero ver e sentir isso
e ouvir-te a ti cantar para as minhas ninas, e a ouvires tu elas a cantarem e dansarem para ti, a música da avó

gaivota disse...

ondina
espero, espero, as minhas princesinhas cantarão e dançarão, aqui comigo, contigo e com estes nossos amigos!
beijos meu amor
estamos à espera...

Jorge P.G disse...

Cantiga tão antiga e bela!

Recordo-me dela acho que desde sempre !
E o rancho folclórico Tá-Mar deve ser um dos mais antigos e consagrados do país, não? Só nunca tinha visto o nome escrito, sabes! sempre me habituei aouvir e pensava que era "TAMAR". Já aprendi, com gosto, algo que não sabia.

Um abraço para ti, Gaivota amiga.

gaivota disse...

jorge p.g.
benvindo, bom regresso!
é das cantigas mais sérias, um louvor às gentes de mar com honrarias ao mar que tanto amam e partilham como enfurece e mata...
Tá-Mar, assim é que é! o rancho que corre mundo e portugal inteiro, "mexe" com a gente...
beijinhos

Teresa Calcao disse...

Boas recordacoes.......
A resposta a tua pergunta que deixaste no meu blog....."my hometown" ca dos States(Colts Neck, NJ)
Beijinho grande

gaivota disse...

teresa calcao
ah obrigada pela info...
belos tempos de antes e sempre presentes, felizmente, no nosso folclore

Multiolhares disse...

E levaste o Tonho canito?
Sei que não
Ficou óptimo vídeo
Isto é que tem sido farabadó
beijokas

gaivota disse...

multiolhares
canito, luna..............?
às vezes porta-se como tal, mas continua a ser um coelhinho docinho e lindo!
amanhã vou vê-lo!!!
beijokinhasssssssss

poetaeusou . . . disse...

*
se a sardinha
cai na rede descuidada
vai encher o galeão
linda e viva prateada
aos saltinhas pelo chão
,
vai de roda bem saltado
cada um bate o seu pé
não há vira mais gabado
que o vira da nazaré,
,
pililipares
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
azaré, nazaré, nazaré,
,
pilipares,
,
*

gaivota disse...

poetaeusou
nazaré.......nazaré.......
não há nada mais bonito que o vira da nazaré!!!!!!!!!!!!!
pilipares