terça-feira, 22 de julho de 2008

MÃE NAZARENA



Uma homenagem à Mulher, à Mãe Nazarena, junto ao Centro Cultural, na Praia da Nazaré.

Vestida com traje de trabalho, tráz um filho pela mão e outro de colo, olha desesperadamente a linha do horizonte, o mar, esse mar que lhe dá de comer a ela e aos filhos e ao seu homem, na expectativa de ver o seu barco, que virá das lides do mar, trará o ganho e o sustento da família. À cabeça tem o peso da vida da sua terra, a carga da responsabilidade do dia a dia, representada pelo casario da praia, sítio e pederneira.

É ela quem comanda a vida, trata de tudo, e de todos, quem governa a casa e o ganho do seu homem, mesmo quando ele está em terra.

"Olhavam sempre para trás antes de virar a esquina, porque a sua mãe ficava sempe à janela para lhes acenar e sorrir. De alguma forma, parecia que não poderiam suportar o dia sem aquele gesto, porque, fosse qual fosse a sua disposição, o último olhar daquela face materna era, sem dúvida, como a luz do Sol" - Louisa May Alcott

24 comentários:

jasmimdomeuquintal disse...

para a semana passo por aí.
Bjs

Viviana disse...

Olá Gaivota,

Linda esta homenagem á mulher Nazarena.

Desde criança sempre as admirei.

Quando ia á praia da Nazaré, e as via, com as suas sete saias...
achava-as lindas!

Cresci e aprendi a admirá-las ainda mais, porque sei o que significa o mar para elas.

Sempre com o coração nas mãos!

Quanto ao pensamento que nos oferece, identifiquei-me imediatamente com ele, e sabe porquê?

È que eu moro num 3º andar, e vou sempre, sempre á janela olhar e fazer adeus, a todos os que saem desta casa : Filhos, netos, amigos... seja quem fôr.

Desejo-lhe um bom entardecer.

Um abraço
Viviana

poetaeusou . . . disse...

*
mulher da nazaré
quando pisas o areal
juro por minha fé
que és maria de portugal,
óhóhóhóh
,
pilipares
,
*

Multiolhares disse...

é a força da mulher nazarena, matriarca ainda hoje

beijinhos

Vieira Calado disse...

Mais que merecida homenagem!
Um abraço

gaivota disse...

jasmimdomeuquintal
então cá te esperarei, contacta-me pelo e-mail ou assim no blog, para mim tá-se bem, sou sempre um livro aberto, digo logo tudo, onde estou, quem sou e onde poderemos encontrar-nos...
amanhã tou no ir, astúrias, campeonato de hóquei, até domingo, logo a seguir, por aqui...
à frednte do meu mar!
beijinhos e até lá!

gaivota disse...

viviana
somos assim, nós as mães e avós...
a minha mãe de 5 filhos, fazia exactamente o mesmo...
já grandes nunca se deitava sem sentir a filharada toda em casa, nós é que às vezes a enganávamos, trocávamos-lhe as voltas das nossas chegadas... eu e os meus irmãos mais novos...
mas depois elaaté sabia!!!
sempre soube tudo, como todas as mães!
beijinhos, amiga

gaivota disse...

poetaeusou
de portugal... é a mulher, a imagem de portugal, por toda a força que ela nos transmite, sempre
nazaré!!! sempre, vivamos, nós os que temos a ver com isto, mesmo sendo "palecas"..............
toma lá pilipares e, olha, até ao meu regresso!

gaivota disse...

multiolhares
querida luna, completamente matriarca... e cheia de provas de vida e de subsistência, de esforços à beira do não... do desespero
é a mulher nazarena, viva e cheia de coragem|
beijinhossssssssssssss
grandesssssssssssssssss
guarda a garrafa bem rolhada e grita por portugal!!!!
beijokinhasssssssss

gaivota disse...

vieira calado,
olá amigo, as coisas que se fazem e acontecem aqui nesta terra tantas vezes esquecida por deus, pelo fator sorte de mar...
amo esta praia, esta gente, estas vidas!
beijinhos

Carminda Pinho disse...

Gaivota,
linda homenagem à mulher, neste caso, que nasceu na Nazaré.
Retive, "(...)o último olhar daquela face materna era, sem dúvida, como a luz do Sol".
Sentido...mais palavras para quê?

Beijos

Fa menor disse...

Esta mulher deve sofrer o seu bocado ao ver os seus marido e filhos partir para o mar, sem saber se regressam sãos e salvos...

Beijo

Estrela do Sul disse...

Linda estátua. Penso que deve haver muito poucas estatuas no nosso país, dedicadas as mães.
Ainda bem que existe uma na tua cidade, amiguinha.

“Amigo é aquele, que você sente
Sempre estar presente
Em qualquer instante”

Uma linda semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues

Em espaço de partilha:
http://toquedeestrela.blogspot.com
http://sensualidadeemletras.blogspot.com

O Profeta disse...

Uma justa homenagem às mulheres da Nazaré...

Doce beijo

Carla disse...

bela homenagem
beijos

ondina disse...

as mamãs são para sempre.
mamã

gaivota disse...

carminda pinho
o olhar do sol na face de qualquer mãe, é isso mesmo, minha amiga!
beijinhos

gaivota disse...

fa menor
era assim há uns anos largos, hoje continua a ser a eterna opressão no coração na ida para o mar...
beijinhos

gaivota disse...

estrela do sul
uma digna e sentida homenagem para qualquer mãe, aqui na nazaré, é a mulher/mãe sofredora nas idas para o mar do marido e dos filhos...
beijinhos

gaivota disse...

o profeta
é mesmo, meu amigo!
beijinhos

gaivota disse...

carla
todas as mães a merece!
beijinhos

gaivota disse...

ondina
a ti, mamã lindaaaaaaaaaaaaaa
esperamos por ti para admirares mais uma vez a escultura, mesmo aqui à porta...
beijinhos, millllllllllllllll

Sophiamar disse...

Gaivotinha Amiga!

Estátua impressiva a que nos mostras. Conheço-a bem e até tenho fotografias tiradas junto dela.Não se fica indiferente à mulher nazarena, à mulher da praia seja ela qual for. Mas esta , porque olha o mar, com esperança, ansiosa por que o seu "home" chegue da faina,agarrada aos filhos deixa-nos pensativos quando a olhamos. Por que razão o mar trará a dor a quem lhe tem tanto amor?

Beijinhos, querida amiga.

Bem hajas!

gaivota disse...

sophiamar
porque será???
o mar é um misto de amor e ódio e raiva e desepero e esperança e vida!
beijinhosssssssssssssssss