quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Um gentleman!




Sir Charles Spencer Chaplin, Jr. nasceu em Londres a 16 de Abril de 1889, faleceu em Corsier-sur-vevey a 25 de Dezembro de 1977
Charlie Chaplin, ou simplesmente o Charlot, o Carlitos e até o "vagabundo", andarilho pobretão com maneiras refinadas e a dignidade de um cavalheiro, usando um fraque preto esgarçado, calças e sapatos desgastados e mais largos que o seu número, um chapéu de côco ou cartola, uma bengala de bambú e a sua marca pessoal, o bigode-de-broxa.
Foi um talentoso jogador de xadrez e na 7ª arte teve o seu fulgor, que o imortaliza.
Foi actor, director, dançarino, roteirista e músico britânico.
Foi das personalidades mais criativas que atravessou a era do cinema mudo, actuou, dirigiu, escreveu, produziu e financiou os seus próprios filmes.
Chaplin é o mais homenageado cineasta de todos os tempos, tendo sido condecorado pelos governos britânicos - Cavaleiro do Império Britânico e francês - Légion d'honneur, pela Universidade de Oxford - Doutor Honoris Causa e pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos - Óscar especial pelo conjunto da obra, em 1972.
EU
Já perdoei erros quase imperdoáveis, tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis.
Já fiz coisas por impulso, já me decepcionei com pessoas quando nunca pensei me decepcionar, mas, também decepcionei alguém. Já abracei para me proteger, já dei risada quando não podia, fiz amigos eternos, amei e fui amado, mas também já fui rejeitado, fui amado e não amei. Já gritei e pulei de tanta felicidade, já vivi de amor e fiz juras eternas, "quebrei a cara" muitas vezes!
Já chorei ouvindo música e vendo fotos, já liguei só para escutar uma voz, me apaixonei por um sorriso, já pensei que fosse morrer de tanta saudade e tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo!) Mas vivi! E ainda vivo! Não passo pela vida... Você também não deveria passar! Viva!!! Bom mesmo é ir à luta com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e vencer por ousadia, porque o mundo pertence a quem se atreve, e a vida é MUITO para ser insignificante.
Charlie Chaplin
Fotos e texto extraídos da net e de alguns mails recebidos.
Também eu vou à luta pela dignidade da vida, e determinada com a justiça das pessoas deste País!

10 comentários:

Paula Raposo disse...

Cheio de razão, Chaplin! Eu também já fiz tudo o que ele diz...beijos para ti.

poetaeusou . . . disse...

*
Creio no riso e nas lágrimas como antídotos contra o ódio e o terror.
,
in-Charles Chaplin
,
Linda
o Charlot, foi sepultado na
Suiça, onde o seu caixão foi
roubado, chegou a ser recuperado
ou estou confuso ?
,
pilipares,
,
*

Lena disse...

Ele fez parte da minha enfância;
adorei ver seus filmes...
um grande Sir !

Beijinhos

Duarte disse...

Um dos maiores, imenso!...
Criou uma imagem que o tempo jamais suprimirá.
Esteve aqui em Valência uma exposição, à que assisti, com fotografias e uma infinidade de filmes seus... como desfrutei!
Conseguiu rir-se da vida e fez-nos felizes.

Um grande abraço

gaivota disse...

paula raposo
ando a teu lado nesta "viagem"
beijinhos

gaivota disse...

poetaeusou
não sei, zé, mas olha quando puder vou "investigar", agora não posso...
também e chorei ao mesmo tempo num misto de ódio e de terror por tudo o que VI!
até logo
piliparessssssssss

gaivota disse...

lena
sim, sempre eram deliciosos assistir àqueles filme e aquela figura mágica!
beijinhos

gaivota disse...

duarte
pois foi, duarte
conseguir rir-se da vida... é arte!
fico a pensar...
beijinhos

helia disse...

Chaplin , um grande Actor e Senhor,deliciei-me com os seus filmes e recordo-me o Dia de Natal, em que almoçava com a família e soube da sua morte.Realmente devemos viver a Vida e não apenas passar por ela

gaivota disse...

helia
sim, minha querida, não passar por ela... vivê-la! desde que nos deixem!
beijinhos