segunda-feira, 16 de junho de 2008

Desespero

Quando o grito ecoa a mais profunda dor...

Quando o desespero embala um misto de mágoa e sofrimento...

Quando a morte nos indica que só ela nos livra da dor, da mágoa, do desespero, do sofrimento, da traição, do ódio...

então, eu quero a morte por companheira!

Estou muito cansada, muito só, sem esperanças nenhumas em nada... (quase)

Não sei porque me consegui safar naquele agosto... não consigo entender...

NÃO QUERO VIVER

(Fevº95)



. Este grito já passou, e, 13 anos depois, apenas resta a ténue lembrança da nuvem negra que não queria desaparecer...

O sol voltou, as flores cresceram e todos voltaram a rir e a sonhar, e a brincar...

Sim, porque as crianças são o melhor do mundo e temos que brincar com elas, como elas!

34 comentários:

Gerlane disse...

E que bom, amiga, que o tempo o levou!
Assim como as estações, nossas fases passam, quer sejam boas ou ruins e, é sempre apostando nisto que agüento a minha dor e a desabafo em versos.

Beijos pra ti!

rendadebilros disse...

Há forças dentro de cada um de nós que só se conhecem em situações extremas...Ainda bem que encontraste a serenidade,,,
Boa semana.

poetaeusou . . . disse...

*
os vendavais passam,
os estragos são colmatados,
a vida >< revive <
,
e tu ganhas - te,
ao destino,
,
pililipares,
,
*

BC disse...

Todos nós temos dias cinzentos mas depois vem o arco-íris e tapa tudo.

Como nós somos mulheres de mar, depois da tempestade vem a bonança.
E A TRANQUILIDADE REGRESSA E AS GAIVOTAS PODEM VOAR!!!!
Beijinhos

Jorge P.G disse...

O mundo recomeça a cada dia, Gaivota.
E há sempre a hipótese de um amanhã melhor!

Um abraço, amiga fã do Hóquei patinado.

Jorge P.G.

gaivota disse...

gerlane
e versos serão sempre desabafos sentidos...
beijinhos

gaivota disse...

rendadebilros
é assim, às vezes nem sabemos dessas forças
beijinhos

gaivota disse...

poetaeusou
vendavais, meu amigo, dizes bem
jinhossssssss

gaivota disse...

bc
pois é, somos mulheres de mar!
beijinhos

gaivota disse...

jorge
pois recomeça, mesmo quando já estamos mais que submersos...
hóquei... sábado à hora do costume, na luz!(a sofrer)
beijinho

Multiolhares disse...

Existem gritos, bramidos que só alguns corações podem escutar, aqueles que com amor se atravessam nas nossas existências, e gritando chorando, brincando vamos ensinando a viver, aqueles que conseguimos mostrar que vale a pena continuar, outros por mais que se tente deixaram de acreditar , mas a vida é tentar sempre

beijinhos

LuzdeLua disse...

Bom para sair daqui renovada com tanta esperança. Lindo post.
Passando, deixo aqui bons desejos pra semana.

gaivota disse...

multiolhares
e gritos que nenhum coração ouve...
tu sabes, minha amiga!
lições de vida, muita dor e sofrimento,
renascer, felizmente!
beijinhos

gaivota disse...

luzdelua
a esperança, minha amiga, que estava moribunda...
beijinhos

Anita disse...

Todas as nossas tribulações, grandes e pequenas, podem trazer mais das duas melhores coisas na vida:
Amor pela vida e amor pelos outros.
Um dia cheio de amor.
Muitos beijinhos
Anita (amor fraternal)

gaivota disse...

anita
linda, situações felizmente ultrapassadas, na graça de Deus!
beijinhos grandessssssss

Carla disse...

que bom que o tempo levou as nuvens negras para outros horizontes e te trouxe de volta a luz e a felicidade
beijos

Lena disse...

Post muito emocionante e de esperança;
A Fé e a esperança devem nos acompanhar sempre, mesmo nos piores momentos...

Tudo de bom para ti pelo estes anos fora

um beijinho

São disse...

Que susto!
Graças a Deus, já é passado!!
Fica bem, xará.

Luis Eme disse...

ontem estive aqui e não consegui comentar...

hoje voltei para te dizer, que estou satisfeito por teres empurrado o desespero e pensado no quanto é bom viver...

abraço Gaivota

gaivota disse...

carla
foi mesmo, difícil...
beijinhos

gaivota disse...

lena
já nem fé nem esperança, passou...
beijinhos

gaivota disse...

são
sim xará, já é passado...
beijinhos

gaivota disse...

luis eme
foi mesmo empurrar, muitooooooooo
obrigada
beijinhos

Teresa Calcao disse...

Querida Gaivota,
E cada dia e um novo dia....vive o presente pois e so o que temos....ainda bem que o sol voltou a brilhar na tua vida!!!!!!!
Beijinho doce

gaivota disse...

teresa calcao
renasce a confiança!
beijinhos

Sophiamar disse...

Gaivota

Estou contigo, amiga!
Depois de um céu cinzentão, depois do bramido do mar, depois da desesperança, há sempre uma fresta por onde se solta um raio de sol. Doeu-me o teu texto!
Estou aqui!

Beijinhos e um abraço apertado.

gaivota disse...

sophiamar
o que se encontra "em mudanças",
escritos de tempos perdidos,
minha amiga
sentidos e sofridos,
felizmente ultrapassados
beijinhos, milllllllllllllllllll

Estrela do Sul disse...

O SER humano tem uma capacidade sem fim de sofrer e de curar os seus sofrimentos.
Penso que tenha sido o teu caso, amiguinha.
Os meus parabens, por teres ganho essa luta.

"Amizade verdadeira é
difícil de encontrar,
díficil de largar e,
impossível de esquecer"

Uma óptima semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues

Em espaço de partilha:
http://toquedeestrela.blogspot.com
http://sensualidadeemletras.blogspot.com

gaivota disse...

estrela do sul
amigo mário, foi como dizes, temos uma força incrível!
beijinhos

Fa menor disse...

Oh, amiga!
Ainda bem que passou... comecei por me assustar!

Que nunca nos falhe a esperança de um amanhã melhor, e que sempre nos saibamos agarrar a uma tábua de salvação ou procurar uma mão amiga...

Assim podes usufruir da alegria das tuas crianças e ser criança com elas, porque tem de haver sempre "uma criança dentro de nós" para conseguirmos levar a vida a sorrir!

Um beijinho mt grande

gaivota disse...

fa menor
e agora há crianças outra vez,
as que cresceram e as que nasceram,
as minhas crianças!
beijinhos

Oliva verde disse...

Há alturas da vida assim...nem nos lembramos que o sol, mesmo num dia nublado em que não o conseguimos ver, está lá, à espera para voltar a espreitar, mais dia menos dia!

gaivota disse...

oliva verde
ele está lá, acabamos pr saber,
mas outros saberes mais altos se levantavam...
beijinhos