quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Hino ao Pescador


Pescador da barca bela,
vai ao mar, mas tem cautela
com o mar, oh pescador
não é sereia que encanta,
é vaga que se levanta,
é mágoa que mata a dor...
(Poema de alguém na voz de alguém)

É nesta altura que mais dor e aflição vive no coração das mulheres da praia,
o mar que, rugindo, leva os seus homens para a luta diária,
procurando o ganha pão,
que calará a boca de toda a família.
O mar tá ruim...
Não vás ao mar, Tonho, fico sem ti...

18 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
Deita o lanço com cautela,
Que a sereia canta bela...
Mas cautela,
Oh pescador!

Não se enrede a rede nela,
Que perdido é remo e vela
Só de vê-la,
Oh pescador.
*
ji
*

gaivota disse...

poetaeusou,
vais ao mar com mil cuidados
ja tens os filhos criados, tem cautela oh pescador...
k numa tasca de má raça eu pedi...
até este cromo bazou pó lado de lá do oceano...
jokas

Rosa Maria disse...

Pescador da barca bela,
Onde vais pescar com ela.
Que é tão bela,
Oh pescador?

O mar tem tanto de Belo com de traiçoeiro e quantos "Tonhos" já levou...

Beijinhos

gaivota disse...

rosa maria,
quantos "tonhos" terá levado...
"vais ao mar com mil cuidados,
já tens os filhos criados,
tem cautela oh pescador"
coisas do mar...
beijinho

Um Momento disse...

Mas que Hino...
Gostei de o ler :)))
E as sereias que não são, mas sim as vagas ...
Gostei mesmo
Um beijo soprado a ti e a um belo hino "cantado":)
(*)

Um Momento disse...

Eu não acredito, estava eu aqui a ler o teu espacinho e tu lá:)))
A estrelinha já a tenho há mais de um ano... o Flasinho há 4 dias lá em casa , mas é sobrinhinho da Estrelinha, nunca mais os perdemos de vista e eles divertem-se aos fins de semana em que os juntamos todos ( nem sempre é possivel mas quando podemos ... é uma alegria:)))
Sorrisos mil e Beijo grande:)))
(*)

PoesiaMGD disse...

Boa recordação...

Um abraço

http://www.escritartes.com/forum/index.php?referredby=3

Fernanda e Poemas disse...

Olá Gaivota, passei para desejar-te um bom fim de semana.
Beijinhos,
Fernandinha

Rui Caetano disse...

Todos nós somos pescadores de sonhos, de utopias e de felicidades.

gaivota disse...

úm momento,
é um hino cantado em forma de fado, é muito lindo, como tudo que envolva o mar...
beijinho, obrigada por teres vindo

gaivota disse...

um momento,
escuta, eu tive 2 espécies lindas, um boxeur, o king, e uma doberman, a nancy, tiveram meninos juntos, lindos de morrer!
com o que vi, mais apaixonada fiquei por eles,
há mais gente -cadelas, do que cadelas (mães), mesmo!

gaivota disse...

poesiamgd
o mar, o pescador, a faina, tudo, super envolvente!

gaivota disse...

fernandinha,
bom fim de semana para ti também , obrigada
beijinhos de mar

gaivota disse...

rui caetano,
é por isso que até é bom sonhar!, mesmo de olhos abertos, não faz mal, damos liberdade aos nossos pensamentos, não é?!
beijinho

samuel disse...

Já agora, o poema de alguém na voz de alguém é de Almeida Garret na voz de Teresa Silva Carvalho que também fez a música.
É deformação profissional, não deixar sempre que posso, que as cantigas sejam feitas e cantadas apenas por "alguém".

Gostei do blog,
abraço.

Barca Bela

Pescador da barca bela,
Onde vais pescar com ela.
Que é tão bela,
Oh pescador?

Não vês que a última estrela
No céu nublado se vela?
Colhe a vela,
Oh pescador!

Deita o lanço com cautela,
Que a sereia canta bela...
Mas cautela,
Oh pescador!

Não se enrede a rede nela,
Que perdido é remo e vela
Só de vê-la,
Oh pescador.

Pescador da barca bela,
Inda é tempo, foge dela
Foge dela
Oh pescador!

gaivota disse...

samuel,
é isso tudo, como dizes, mas não era para "ferir"ninguém...
gosto muito do poema, é especial
e há mais gente que o canta, só isso...
fica bem e um xi

samuel disse...

Cara Gaivota
Só comentei por gostar.
Dos versos, e da ideia de os lembrar...
abreijos

gaivota disse...

samuel
foi giro, gostei e achei muito bem até,
coisas da vida
recordações e saudades...
beijinho