quarta-feira, 12 de maio de 2010

Filho de quem?...


-foto do àlbum de fotografias de Álvaro Laborinho

Certo dia estavam pai e filho à pesca perto da costa. Entretanto levantou-se vento e o mar cresceu um bocado. Então o pai ordenou que o filho remasse para terra. Durante o percurso, porque o mar se estava mesmo a pôr bravo, travou-se o seguinte diálogo:
Pai - à repá, rema depressa repá!...
Filho - à ó qui é isse?... Só se pensa qu'eu sõn algum blisómem!...
Pai - Rema depressa repé, rema bagabunde, rema filhe d'um côrne!...
Filho - Filhe d'um côrne é você!...
Pai - Quem é filhe d'um côrne repá?...
Filho - Sõn eu mê pai!...

Para descontarir um pouco, proque a repressão, a ditadura, a censura "andem" mais ao de cima!!!
Nem há respeito por nada!
Perdoai-lhes, Senhor, que "elas" não sabem o que fazem/dizem/"mexem" e cosculham!!!

24 comentários:

São disse...

Positivamente, adoro estas tuas postagens!
Acho uma maravilha a maneira como consegues fazer-nos ouvir as pessoas!
Um excelente dia para ti, minha linda.

Vicktor disse...

Querida Gaivota

Magnífico e genuíno diálogo...

Beijinhos.

gaivota disse...

são
queridaaaaaaaaaaaaaa xaráááááááááá
lindaaaaaaaaaaaaaaa
essa é a ideia!
e para quem conhece os "jeitos deste falajar" consegue mesmo "ouvir" a conversa!!!
beijinhos

gaivota disse...

vicktor
pois é, amigo, um entre tantos que este nosso amigo editou num livro para que perdurem estas ingénuas "conversas"
beijinhos

Viviana disse...

Olá Gaivota linda

Sempre a trazer-nos coisas giras!
És unica amiga.

Nestes dias conturbados ajuda-nos a "desopilar"...

Um abraço

viviana

Multiolhares disse...

Boa lembrança trazer uma das histórias da praia, das bem engraçadas, já a ouvi pelo Gaivinha e pelo Henrique, agora por ti, cada um pões a sua pitadinha de sal e pimenta, uma graça amiga, tu o sabes
beijokas

Lilá(s) disse...

Que delicia de conversa, quase em extinção não?
Bjs

LOURO disse...

Olá amiga!
Linda a tua Postagem...Com este genuino diálgo,entre pai e filho.

Beijinhos de carinho e amizade,
Lourenço

helia disse...

Um diálogo muito interessante entre pai e filho,uma conversa entre gente simples e genuína, que nos faz sorrir e descontrair...E de facto, na época que atravessamos,precisamos mesmo de nos descontrair e de sorrir.

Anita disse...

A amizade não é como o vento que passa, nem como a chuva que cai e some... mas sim como a terra que está sempre firme quando precisamos!

Mas como são engraçados estes diálogos que tu pões aqui rapariga.

Obrigado pela tua amizade.
Beijinhos.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

Duarte disse...

Sim que sabem o que fizeram e o que tem, mas, como sempre, a pagar quem menos tem e quem menos culpa teve.
Aqui, de momento, congelação das reformas, desconto dum 5% aos funcionários, restrições paras as províncias, nada de inversão pública... a apertar o cinto. Aumento do IVA e dos impostos. Receber menos e pagar mais. Tudo isto por não fazer os deveres a tempo... estou indignado!

Desejo-te o melhor!

Um grande abraço

Maria Clarinda disse...

:) adorrei...como sempre!!!Jocas

Fernanda disse...

Amiga Gaivota!

Belíssimo o diálogo ...
Realmente parece que se ouvem as pessoas.
Muito bonito e rico em genuinidade.

Parabéns
Beijinhos

Na casa do Rau

gaivota disse...

viviana
coisa reais, das nossas gentes...
beijinhos

gaivota disse...

multiolhares
são de "cêda" esses dois pikenos!!!
contei-a tal como a aprendi e li!
beijinhos

gaivota disse...

louro
diálogos de "mar"!!!
beijinhos

gaivota disse...

helia
é mesmo, o diálogo perfeito de pai e filho num mar revoltado...
beijinhos

gaivota disse...

anita
conversas de mar, das gentes simples que depositam os dias no mar!
beijinhos

gaivota disse...

duarte
estás indignado, por aí!
e aqui...
ya lo sabes, verdad???
beijinhos

gaivota disse...

maria clarinda
obrigada!
beijinhos

gaivota disse...

fernanda
sim, minha amiga, e para quem conhece este palavriado, parece que stamos na presença viva da concersa!
beijinhos

gaivota disse...

lilá(s)
ainda não em extinção... vai-se falando asssim, quando as conversas "pegam"!
beijinhos

Fa menor disse...

ahahahah! Claro! Há que ter respeitinho pelo pai, homessa!

beijokas

gaivota disse...

homesssaaaaaaaaaaaaaa
respeitinho é lindo e eu gosto!
como o pai...
lololol
beijinhos