quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Chegada vs partida...


O meu mar a adivinhar o outono, a ficar "à pedra"... 5.Out.2010

Aqui vai este "Johnnatan seagull" fora do bando, à procura de mais um naco de pão!

24.Set.2010

O sol das férias desfaz sem remédio
Os ramos da estreia deixados na gaveta
No labirinto das hipóteses vãs
Insistem dolentes melodias roucas
Presentes por abrir abandonados nus

Já tardia a sombra desce sobre a nuca
Repete para dentro o que estava longe

Vislumbrada e fugitiva ausência
-Sede de mel a mel semelhante
Prisão de asas em desalinho-
Vai descontar à perfeição o inconsútil
Tolerar gladíolos e o primeiro frio

-José Álvaro Afonso, Furtiva a Luz

Num regresso a outras terras, mais frias, onde o sol não quer entrar e nem o amor chegar! Porque não o quiseste levar, também porque não o trouxeste nem deste nada, apenas exigiste!
Errar é humano, como também é bem verdade que em vez de oferecer um prato com o peixe, deve-se sim dar a cana e ensinar a pescar!
Aprendeste a pescar e bem... mas outros peixes graúdos levaram-te o isco e continuam à pesca, por portas e travessas, como o mar revoltado entrando nas casa das nossas gentes, escancaradamente e sem respeito!
Que Deus te abençoe e te ilumine pela mão dos anjinhos!

24 comentários:

Duarte disse...

Uma praia de areia fina e dum mar imenso que ficou algo solitária... na hora da despedida...

As andorinhas já se foram embora,
Também vou partir!
Olhando esse mar que me cativa,
Com a promessa de voltar;
Quero-me sentir pegado a esse mar,
Companheiro na solidão,
Que me fez vibrar e sonhar,
Que tanto me dá medo como consolo.
Que me embalou sendo criança.
Com o que brinquei depois.
Alimento de algumas ocasiões.
Que me arrolhou no amor.
Corgo, Nazaré, Torreira, Madalena,
Quiçá por ser o meu mar!?

O que expressas possui certa carga de melancolia, quero ver em ti a imagem que me inspiraste de lutadora...

Como anda o Hóquei?

Um grande abraço e a minha amizade

São disse...

Que o mar onde vai navegar quem parte assim, seja calmo e benéfico, para que - pelo menos - sejam poupadas as crianças.

Um abrço apertado, irmã-de-coração.

Isa disse...

Um beijo e paz no coração.
isa.

Fa menor disse...

A vida é assim, de chegadas e partidas feita.
E mar
e a terra
e o sol
nossos companheiros de jornada.

Bijinhos

RETIRO do ÉDEN disse...

Querida Ex.,
Que DEUS vos abençoe e guarde.
Nada mais te posso desejar ou dar, a não ser o meu "ombro", também muito enfraquecido com tanto penar, que à primeira vista tudo era desnecessário.
Mas só ELE sabe pelo que temos de passar para nossa/ e deles... aprendizagem e evolução individual.
Que volte um mar calmo e cheio de bom peixe para os alimentar e sustentar...que tudo fique sereno em todos os sentidos. Que o teu coração consiga ficar tranquilo, aceita, entrega e acredita.
Sei que é muito, muito difícil...mas é o exercício necessário para viveres estes próximos tempos e reforçares a tua Fé. A mãe Elsa vai ajudar...
Forte abraço
Mer e família

Maria Clarinda disse...

Um beijo...adorei o post!
Jhs mil

gaivota disse...

duarte
que lindo poema... obrigada!
hei-de continuar lutadora, mas às vezes... vou-me abaixo fortemente!
o nosso hóquei vai bem, acabámos bem, com a conquista da taça de portugal
há 15 dias ganhámos a super taça antónio oliveira
e este fim de semana é o 2º jogo, benfica vs candelária, da madalena,pico... onde joga o meu rapaz, vou-me dividir!
beijinhos

gaivota disse...

são
foi um "mar aéreo"...
sem notícias directas...
outras ondas, xará querida, que se movem...
beijinhos grandes

gaivota disse...

isa
obrigada, amiga
beijinhos

gaivota disse...

fa menor
há partidas antes das chegadas...
mas haja muito mar e sol, e paz e luz!
beijinhos

gaivota disse...

retiro do éden
obrigada pelas palavras, geninha
eu sei, a minha Mãe está conosco e sofre comigo...
em breve te mando notícias
beijinhos a todos

gaivota disse...

maria clarinda
obrigada, amiga
beijinhos

A ilha eu e a poesia disse...

E, o mar por aqui já adivinha o Outono, a montanha já deu o ar de sua graça com um pouco de frio que nos aconchega e abraça...
É o Outono a chegar, muita gente de regresso e, nós entre cada chegada e cada partida.Bom fim de semana

helia disse...

Lindas imagens! O Mar é sempre lindo em qualquer estação do ano!

Viviana disse...

Querida Gaivota

Que fotografias lindas, amiga.

Então a terceira!...Fantástica!


Sempre esse saudoso e querido mar da Nazaré.

É mágico.

Quanto sao texto, gostei muito de ler.

Que Deus te ajude e te abençoe, boa amiga.

Caminhemos....pois caminhar é preciso.

Um beijo

Viviana

gaivota disse...

a ilha eu e a poesia
eu sei, salomé, aqui também está frescote e já choveu muitoooooo
e uns partem, outros ficam...
beijinhos a todos

gaivota disse...

helia
o mar.. é o mar!
beijinhos

gaivota disse...

vivianna
obrigada, caminhar é preciso, em paz e com amor
sem mentiras, ódios ou raivas!
que tanto se vê e se proporciona!
beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
Querida Irmã adoptiva,
,
nunca esqueças o que te disse,
abre o teu coração e perdoa,
só os justos sabem perdoar,
e a Justiça vive em ti,
pergunta ao vento se traz novas
da Terra dos Moinhos e das
Tulipas e ele te responderá !
,
pilipares nossos,
ficam,
*

Lilá(s) disse...

Alguma melancolia! deixo um beijo

gaivota disse...

poetaeusou
pergundo ao vento que passa, notícias de outro país...
o vento ... nada me diz!
anda tudo ao contrário, zé!
pilipares

gaivota disse...

lilá(s)
melancolia, dor...
já passa...
beijinhos

A ilha eu e a poesia disse...

Boa noite amiga São, o mar hoje pela manhã invadiu as ruas, e casa também, agora parece mais calmo,o vento continua e chuva de vez em quando.Tem razão são desabafos de grandes verdades e nem imagina o quanto dói, acho que as feridas ficaram sempre.Beijinho

gaivota disse...

a ilha eu e a poesia
foi assim? tão bravo que estava o mar! aqui também está com grandes ondas, mas não chega a subir à estrada... antigamente entrava pelas casa adentro...
agora escava-se um fundão junto ao paredão e protege melhor...
feridas que nunca mais saram, salomé, para o resto da vida!
beijinhos grandes