quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Ananazes, os verdadeiros!






É em S. Miguel que existem os verdadeiros e melhores ananazes do mundo!
São cultivados em estufas de vidro, sendo originários da América Central e do Sul, tendo aparecido nos Açores como planta ornamental em meados do séc. XIX.
São criados em estufas cobertas por vidro caiado e aquecidas pelo sol, e com janelas para arejamento e regular a temperatura.
Plantam-se as "tocas", bolbos escolhidos de plantas que já deram fruta, em espassos de 10 cm e com regas constantes e temperaturas até aos 38ºC. Ao fim de uma mês estarão prontos para serem transplatados para as estufas. Nesta "cama" de várias camadas de terra já usada anteriormente e rica em matéria orgânica, farelo e folhagens trituradas de incenso, louro e faias, ficam distanciados cerca de 60 cm uns dos outros e cada planta dará apenas um fruto. A rega é abundante durante duas semanas e será diminuída até maturação total do fruto. Cerca de 4 meses após esta plantação definitiva, ocorre a operação "fumo", que permite a todas as plantas uma evolução igual e permite uma colheita mais homogénea. Ao fim do dia e em recipientes próprios, queimam-se aparas e verduras de modo a produzir um espesso fumo que invade toda a estufa e no dia seguinte abrir-se-ão todas as janelas para o arejamento. Esta operação dura cerca de 8 dias.
Em média o ciclo completo da cultura do ananás dos Açores dura 18 meses e o fruto é reconhecido como o melhor ananás do mundo!

12 comentários:

Eduardo Aleixo disse...

Em S. Miguel, acho eu, estive nessas estufas. Só que não tive uma guia que explicasse tão minuciosamente o processo do crescimento do ananaz como a gaivotinha sabichona.Uma reportagem muito competente, como tudo o que escreves. Obrigado e continuação das boas férias. Recebe um beijinho.

GarçaReal disse...

Magnifico o modo como explicaste o crescimento dos ananazes. Sempre a aprender.
O ananaz que é uma das frutas que melhor faz à saúde.

Lá por nossas terras codtumava-se brincar....Indo aos ananazes de escada ...lembras?
ehehhehe

Brincadeiras que fizemos algumas vezes com resultado...

Gostei, pois não sabia estes pormenores

Bjgrande do lago

MEU DOCE AMOR disse...

Olá Gaivota:

Bela viagem a tua.Os ananases são bons e docinhos.Tenho pena de não poder aventurar-me nesse fruto, pois fico com aftas.Um horror.

Beijinho doce esperando por ti:)

São disse...

Ai, minha querida xará, que me matas de saudades!!

Também aí estive : não comprei ananases, mas comprei um colar de osso de balaeia, rrss

Um grande abraço.

RETIRO do ÉDEN disse...

Amiga,
Já aí estive em 72...gostei muito de tudo quanto observei nessas Ilhas mágicas. Relembrei a visita às plantações de ananazes.
Bjs. sinceros
Forte abraço
Mer e família

gaivota disse...

eduardo aleixo
sim é em s. miguel, a única ilha dos anazes, na fajã de baixo, pertinho de ponta delgada, um espectáculo vivo! minucioso e interessante e saboroso!
beijinhos

gaivota disse...

garça real
é muito interessante tudo isto, e podemos ver todo oprocesso com boas explicações...
depois é o maravilhoso fruto perfumado e único!
minha querida "a nossa terra" para mim só porque gosto... embora não nesta altura, o que é uma pena como tudo se encontra, pricipalmente em luanda e arredores...
a propósito, vou fazer uma moamba um dia destes! a pedido de alguém especil que é angolano...
és servida?
nem sei se lá voltarei...
beijinhos

gaivota disse...

meu doce amor
pois pode acontecer... aftas é horrível!
e os ananazes são tão bons e tão perfumados...
beijinhos

gaivota disse...

são
querida xará, também não comprei ananazes, apetece-me trazer tudo!!!de todo o lado...
mas volto sempre... já é tão bom...
beijinhos

gaivota disse...

retiro do éden
é bom ir recordando, mesmo que não se possa ir ver ao vivo...
aquilo é tudo uma maravilha...
de há 9 anso para cá, vamos até uma ou duas vezes por ano
beijinhos a todos aí

poetaeusou . . . disse...

*
os ananazes são de estufa ?
pensava que nasciam á balda
na selva de S. Miguel !
já não os trague . . .
,
pilipares,
,
*

gaivota disse...

poetaeusou
lolololol
na selva!!!
por cá é que temos selva da grossa... e não dá ananazes, nem nada de jeito!
pilipares