quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Casa na Chuva


Um barco de pesca, o pescador, vários apetrechos de pesca e um salva-vidas no seu interior


O fogacho e uma bóia de salvação, especialmente decorada com um par de sticks, pintados a encarnado... porque será!?!?!? quem adivinhar quem ma ofereceu, ganha um gelado!

A chuva, outra vez a chuva sobre as oliveiras.
Não sei porque voltou esta tarde
se a minha mãe já foi embora,
já não vem à varanda para a ver cair,
já não levanta os olhos da costura
para perguntar: Ouves?
Ouço, mãe, é outra vez a chuva,
a chuva sobre o teu rosto.
Eugénio de Andrade - Chuva sobre o rosto

Cada vez mais MÃE e AVÓ destas preciosidades! A semana passada foi o Vicente a fazer-nos companhia, agora são as minhas princesas Maria e Raphaëlla e depois... chegarão os príncipes Martim e Salvador!
Não consigo esticar mais a casa para ficarem todos por cá ao mesmo tempo...a dormir e tudo! mesmo depois de ter mandado uma parede abaixo!
Mas não chove, está muito calorrrrrrrrrrrrrrrrr e um mar muito apetecível, 17º...!
Há 7 anos choveu muito nos primeiros dias de Agosto, já é costume, até se diz "1º de Agosto, 1º de inverno..." e a minha Mãe estava aqui comigo, íamos à varanda ver a chuva e ver o mar, zangado com o mau tempo... "Não vás à rua, dizia ela... Vou ver o meu mar, aqui mesmo em frente! nem vou a norte..."
Um beijo na minha Mãe!

14 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
linda
,
áh miga,
deviaver um fogacho desses
em cada porta, praver sas
pessoas abrieeem os olhos,
tá uma sarração de néuuuva
neste País ca gente deveria
ter um fogacho em cada olho ...
olha a Bóia,
o ano passado em Agosto,
fez-me falta, se não me agarro
á cabeça de um nadador-salvador,
tinha ido, repara para o meu azar
com tantas nadadoras-salvadoras,
logo me apareceu o Luís da Maria,
srsrsrsrsr,
um abraço Primo Luís, fico-te
grato eternamente !
,
pilipares e
jinos para os netinhos,
,
*

RETIRO do ÉDEN disse...

Também o nosso beijo amigo para a tua mãezinha.
Deverão continuar a vizinhança com o meu pai e avó Ana.
E nós para aqui a queimarmos as horas, os dias... de incertezas. Só nos resta a perseverança na fé em melhores dias...mas estes senhores teimam em nos fazer doer o coração e os sentidos.
Linda postagem
Forte abraço e bjs.
Mer a família

Isa disse...

Bom dia!
Lindos os teus meninos!
Engraçado, o Martim e a Maria são
"nossos"...Nasceram e nós acompanhámos.
A Vida tem essas coisas encantadoras.
Beijo.
isa.

São disse...

Querida xará, és uma ternura só, minha linda. Cada vez estou mais contente por te ter descoberto aqui na nEt e feliz por te conhecer pessoalmente( embora em contexto tão trágico).

Que Deus esteja contigo e com os teus.

Multiolhares disse...

Eu sei quem foi, quero o geladooooo,
Aproveita bem as tuas princesas
Bj

Luis Eme disse...

tudo nos serve para recordar algo ou alguém, até o tempo...

o calor sem chuva...

beijinho Gaivota

gaivota disse...

poetaeusou
devia, devia...
e murros nos olhos e cuecas aos folhos
á mês de'agosto, anda lá anda...
o luís agora quer é pesca e faz muito bem, mas faz falta a taberna mais bem situada da nossa praia!
pilipares

gaivota disse...

retiro do éden
pois é, deverão continuar em vizinhança...
e nós, vamos queimando os restos das nossas vidas!
beijinhos, querida

gaivota disse...

isa
os nossos netos, o melhor do mundo!
beijinhos

gaivota disse...

são
minha querida xará, foi uma situação terrível que nos levou ao conhecimento...
foi um "bom" mau bocado das nossas vidas...
beijinhos

gaivota disse...

multiolhares
sabessssssssssssssssssss
tá bem, amanhã comes o gelado!
no mesmo sítio à hora do costume...
beijinhos

gaivota disse...

luís eme
é verdade, luís, certas recordações de tempos presentes...
beijinhos

Duarte disse...

Gosto do mar, gosto da areia, uma das razões de gostar da Nazaré... e gosto imenso de barcos, depois dos aviões... por casa estão alguns, mas deste gostei muito! Será pelo texto que agregas? Estou convencido de que sim.
Um grande abraço

gaivota disse...

o mar sem fim... a areia imensa...
os barcos (tenho vários)
é vida, meu amigo!
o texto, é dum "agosto"
beijinhos